02 janeiro 2008

I'm old, I'm fat and I'm back

Back in Black

Estou de volta, depois dessa semana letárgica em que todo mundo finge que a vida é bonita e que ainda existe lugar para o amor.

Certo, dois de janeiro de dois mil e oito. Estão todos liberados à serem avarentos novamente. Aproveitem, mas não abusem.

Back in Black na verdade não dá mais, não consigo mais ouvir AC/DC. Lembra-me coisas que quero esquecer, então algo mais pra Sex Pistols, como disse Johnny Rotten:"I'm old, I'm fat and I'm back".

Acordei às três da manhã com trinta e um anos de idade, mas com a velha fúria adolescente. O que é bom, tento em vista as coisas que escrevo.

Pensei, o que escrever? Talvez algo sobre ir para Brasília com uma metralhadora na mão. Certamente escrever isso trinta anos atrás faria com que minha casa fosse invadida por centenas de militares.

Liberdade de expressão não é uma coisa maravilhosa? Não, não é. Quer dizer, é claro que é, mas como disse Frank Miller pelos lábios de Lex Luthor, de que adianta liberdade de expressão quando ninguém está ouvindo?

Na verdade não sei onde quero chegar. Pra não perder totalmente o post então, vamos "celebrar a estupidez humana" e é isso aí, peguem suas metralhadoras e vamos todos à Brasília. Vai ser rápido e limpo, só atirem na cabeça, pra matar, mas só quando virem o brilho dos olhos.

Não haverá piedade!


Um comentário:

  1. Feliz 2008!!! Uma atualização at last!!!
    Não vamos precisar de metralhadoras, acredite... esse ano vai ser maravilhoso, melhor que o que passou, vc vai ver!!!
    Acha que isso pode ser otimismo da juventude? Que nada... é só otimismo sincero e besta... :D

    ResponderExcluir