18 novembro 2009

Scroogled "O Google do Mal " por Cory Doctorow

Scroogled

E se um dia, a companhia que todos nós gostamos e usamos diariamente, deixasse de ser "boazinha"? Como seria a vida num mundo em que o Google fosse usado da pior forma?

É esta a premissa deste Conto de Ficção, escrito por Cory Doctorow que Carlos Martins traduziu e adaptou para o português ( Portugal ) com a autorização do autor.

Disponível para download em formato .txt

Scroogled
de Cory Doctorow
Tradução/adaptação para Português: Carlos Martins

"Dêem-me seis linhas escritas pelo mais honrado dos Homens, e encontrarei nelas uma desculpa para o enforcar." — Cardeal Richelieu


"Não sabemos o suficiente sobre si." — CEO do Google Eric Schmidt


Greg aterrou no Aeroporto Internacional de São Francisco às 8h da tarde, mas pela altura em que finalmente chegou à frente da fila para a alfândega, já passava da meia-noite. Tinha saído da cabina da primeira classe, bronzeado perfeito, a barba por fazer, depois de um mês de praia no Cabo (mergulhando três dias por semana, seduzindo estudantes Francesas no resto do tempo.) Quando tinha saído da cidade, um mês antes, era um destroço andante de ombros descaídos e barrigudo. Agora, era um deus bronzeado, que atraía olhares das hospedeiras na frente do avião.


Depois de quatro horas na fila para a alfândega, tinha novamente passado de deus a mero mortal. O seu aspecto admirável estava gasto, suor escorria pelo rego do seu traseiro, e os seus ombros e pescoço estavam tão tensos que o seu tronco parecia uma raquete de ténis. A bateria do seu iPod já se tinha esgotado há muito, deixando-o sem nada para fazer senão escutar a conversa do casal de meia-idade que se encontrava à sua frente.


"As maravilhas da tecnologia moderna," disse a mulher, referindo-se a um sinal que estava por perto: Imigração – Powered by Google.

"Não era suposto começarem apenas no próximo mês?" disse o homem, que alternadamente usava e segurava um sombrero de grandes dimensões.


Googlando na fronteira. Jesus. Greg tinha vendido todas as suas acções do Google seis meses antes, esperando aproveitar algum tempo para si próprio – algo que se revelou menos recompensador do que ele esperava. Na maior parte do tempo dos cinco meses que se seguiram, deu consigo a arranjar os PCs dos amigos, ver TV durante o dia, e ganhando quase 5Kg de peso, que culpava ser devido ao tempo que passava em casa em vez de estar no Googleplex, seguindo o seu programa físico de 24h no ginásio.

Continua...

Leia na íntegra...

Fonte:
Os Velhotes dos Marretas

de Cory Doctorow
Tradução/adaptação para Português: Carlos Martins


Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Nenhum comentário:

Postar um comentário